As atividades da fisioterapia na Ação Social tiveram início em maio de 2006 e numa avaliação prévia dos internos foram detectadas algumas limitações físicas e psicológicas, a maioria dos idosos tinha pouca ou nenhuma atividade física diária, alguns estavam acamados de longa data (sequelados de Acidente Vascular Cerebral (AVC), fratura de colo de fêmur , cardiopatia, fraqueza muscular generalizada), outros se locomoviam com cadeira de rodas ou com auxilio de bengala e poucos eram independentes em suas atividades, demonstrando a necessidade da implantação de fisioterapia na Ação Social, em caráter preventivo e curativo.

A fisioterapeuta que trabalha na nossa instituição desempenha numerosas funções, tais

como avaliação, manutenção, reabilitação e orientação. Os principais objetivos da fisioterapia consistem em restabelecer/melhorar a capacidade funcional e em prevenir para que essa capacidade não se deteriore mais ainda.

Desde o inicio das atividades de fisioterapia foi notado uma melhora em relação á expectativa de vida dos residentes da Ação Social que estão sendo atendidos, pois além de demonstrarem satisfação ao fazer as atividades, alguns já apresentam recuperação motora e menos dependência em suas atividades diárias.